Perfumes e a pele tem relação? Muda o aroma?

Muitas pessoas possuem a dúvida se é real o fato de o perfume variar de pele para pele, e sim, é real. O perfume está direta e totalmente relacionado com a pele. Cada pele tem um cheiro único, além de propriedades particulares na pele, isso se dá como resultado da nossa alimentação, dos nossos hábitos de vida e da nossa genética.

Diferença do frasco para a pele

Algumas pessoas reclamam que, ao comprarem um perfume, o cheiro que sentem ao borrifar na pele é diferente do cheiro que sentiram, por exemplo, num papel de amostra ou até mesmo diretamente no frasco. Muitas vezes chegam até a cogitar que o perfume seja falso ou que esteja fora da validade, mas não, mais uma vez isso se dá pela influência da pele.
Na hora da aplicação do produto sobre a pele, as notas que o compõem vão, gradativamente, se apresentando: primeiro as de saída, depois as de corpo e, por último, as de fundo. Essas três notas se apresentam de formas diferentes se borrifadas em lugares e pessoas diferentes. A reação da composição em contato com o local de aplicação influencia na fragrância que se é sentida.

Há alguns fatores que influenciam a diferença do aroma e até mesmo da fixação do mesmo perfume em pessoas diferentes como já foi falado aqui, vamos ver quais são.

1- Composição

A composição da nossa pele varia de pessoa para pessoa. Isso se dá por conta dos nossos hábitos, alimentação, pH natural da pele e da genética.
Por incrível que pareça nossa pele também é afetada pelo nível de stress, se você fuma, ingere álcool ou se faz uso de medicamentos, por exemplo.

2- Oleosidade da pele

Quem tem a pele mais oleosa acaba conseguindo manter o aroma por muito mais tempo, uma vez que ele se fixa na oleosidade da pele. Já quem tem a pele um pouco mais seca, o efeito é o contrário: com a baixa produção de oleosidade, o perfume evapora com facilidade.

3- Temperatura corporal

Algumas pessoas possuem a temperatura corporal mais elevada, mais “quentes” e outras possuem temperatura mais baixas, mais “frias”. Temperaturas mais elevadas fazem com que o perfume evapore mais rápido e que a sucessão das três notas seja mais rápida.
A evaporação rápida também pode fazer com que a fragrância dure menos tempo.

4- Suor e calor

Se você é uma pessoa que sua com muita facilidade, saiba que isso também pode interferir no cheiro do seu perfume.

As glândulas sudoríparas secretam suor e substâncias que quando se misturam a composição do perfume, alteram seu cheiro.

Em dias mais quentes há uma maior probabilidade de suarmos, e assim, de alterarmos a fragrância.

Comer alimentos com condimentos fortes também podem alterar o odor do suor, alterando mais ainda o aroma da fragrância.

 

5- Aplicação nos pontos certos

Muita gente não sabe disso, mas aplicar a fragrância nos pontos certos do corpo faz muita diferença, não necessariamente em seu aroma, mas na sua fixação. Aplicar o produto nos pontos de maior fluxo sanguíneo faz que com ele tenha uma maior fixação e auxilia também em sua projeção.
Exemplos de locais com maior fluxo: atrás da orelha, nuca, nas costas da mão e nos pulsos, atrás dos joelhos, nas dobras do braço, região do umbigo, entre os seios, parte interna da coxa, clavícula e tornozelos.

Então aqui vão duas dicas para te ajudar a não ter mais surpresas quando for comprar um perfume.

Dica número 1:
Se você já pretende comprar um perfume, saia de casa sem nenhum hidratante corporal com cheiro e sem perfume. A mistura dos aromas vai interferir no cheiro real do produto dando uma impressão errada e diferente da realidade.

Dica número 2:
Para não ter surpresas sobre a evolução do perfume na sua pele, além de sair de casa sem nenhuma outra fragrância, tente passar na loja horas antes de decidir vai comprar, assim você pode pedir para que primeiro borrifem o perfume em seu pulso. Vai fazendo outras coisas, passeia pelo shopping, anda um pouquinho, espera o tempo passar.
Passada algumas horas você já vai ter o resultado real da fragrância na sua pele, podendo escolher ou não se vai leva-lo.

Dica número 3:
Opte por comprar ou experimentar um novo perfume quando não estiver tão quente. Isso porque em dias mais quentes transpiramos mais, se você experimentar a fragrância e estiver suado, o aroma do produto pode ser alterado pelo odor que vai estar presente na sua pele.

Leia também sobre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *